Deprecated: Function split() is deprecated in /home/novageo/public_html/index.php on line 95
Fundação Tipo Estaca Raiz - NOVAGEO DO BRASIL
 
Email: Senha:
 
 
Home A Empresa Serviços Clientes Obras FAQ Dicas Cadastro Contato
 
 
Perguntas e respostas
Busca por Palavra Chave
Digite no campo acima uma palavra para melhorar a busca pela pergunta e resposta desejada.
 
Caso não tenha achado uma resposta para seus questionamentos use os campos abaixo para formular sua pergunta.

Nome
E-mail
Pergunta
Fundação Tipo Estaca Raiz

INTRODUÇÃO:

Na década de 50, o eng. Fernando Lizzi concebeu na Itália uma estaca escavada de pequeno diâmetro, originalmente utilizada para reforço de fundações, denominada "Pali Radice" ou estaca raiz.
No Brasil, o emprego da estaca raiz tem sido bem difundido, tendo-se adaptado muito bem aos tipos de solos encontrados no país, sendo utilizado não só como reforço, mas com elemento principal de fundação de prédios, pontes e viadutos.

MÉTODO EXECUTIVO:

A Estaca "Raiz" é executada por processo mecânico mediante o uso de rotação ou roto percussão com circulação de água, lama bentonítica ou ar comprimido e pode atravessar, terrenos de qualquer natureza, inclusive alvenaria, concreto armado, rochas ou matacões, na direção vertical ou inclinada.

LOCAÇÃO DAS ESTACAS:

Para início dos serviços os pontos onde serão executadas as estacas devem ser previamente locados, em conformidade com os projetos, e avaliados para posterior posicionamento da perfuratriz.

CARACTERÍSTICAS DAS ESTACAS:

Os posicionamentos, dimensões e comprimentos das estacas deverão ser executados, rigorosamente, conforme indicações constantes em desenhos de projeto.
Eventuais alterações nas profundidades previamente estabelecidas em projeto deverão ser comunicadas previamente pelo Projetista e somente com sua comunicação poderão ser efetuadas, assim, garantindo perfeita adequação das características locais do subsolo.

CONSUMO ESTIMADO DE MATERIAIS:

Traço: 1,00 saco de cimento de 50 kgf : 70 litros de areia : 25 litros de água
Consumo: cimento - 600 kg/m3
Resistência: fck³ 22 Mpa

CARGA (tf) DIÂMETRO (mm) CIMENTO (sc/m) AREIA (l/m) AÇO (kg/m)
10 100 - - -
20 120 0,17 13 5,00
25 150 0,30 23 5,00
35 160 0,30 23 5,50
50 200 0,47 35 7,50
70 250 0,75 55 11,50
100 310 1,13 85 17,50
130 400 1,89 141 21,00
200 500 - - -

REQUISITOS RELATIVOS À ESCAVAÇÃO:

A escavação será executada com perfuratriz rotativa hidráulica ou roto percussiva, com a utilização, quando necessário, de tubo de revestimento metálico de diâmetro ligeiramente inferior ao diâmetro final da perfuração. Normalmente, a coroa de perfuração é acoplada na extremidade inferior do tubo de revestimento, ou de haste de perfuração.
Os resíduos da escavação serão transportados à boca do furo pela água de circulação que é injetada sob pressão controlada, de cima para baixo no interior do tubo de revestimento. O retorno de água juntamente com o resíduo da escavação dar-se-á entre o revestimento e a parede do furo, a qual deverá ser coletada em um recipiente de decantação especialmente preparado para evitar o espalhamento da lama no local de perfuração.

É permitida a reutilização da água de circulação proveniente do decantador durante a perfuração. Entretanto, após atingir a profundidade do projeto, a limpeza final do furo deverá ser executada com o emprego de água limpa.

A limpeza final do furo dar-se-á por concluída quando a água de circulação retornar à superfície, limpa ou com pouca turbidez. Durante a fase final de limpeza do furo, a haste de perfuração deverá permanecer paralisada.

A verticalidade do furo deverá ser rigorosamente mantida durante todo o processo de escavação. Para tanto é necessário manter-se rigidamente fixado o equipamento de perfuração no local assim como utilizar somente tubos de revestimento e hastes perfeitamente retos e com roscas de união ou luvas em perfeito estado.

Concluída a limpeza do final do furo, deverá ser colocada a armadura completa pré-montada, curvando-se a mesma para introdução no interior do tubo de revestimento e/ou em segmentos sucessivos com transpasse de 1,00 metro também pré-montados, até apoiá-la no fundo do furo.


O emprego deste tipo de estaca é indicado em todo tipo de fundação e em especial para fundações de equipamentos industriais, reforços de fundações, locais com restrição de pé direito ou dificuldade de acesso para equipamentos de grande porte, situações nas quais a execução possa provocar vibrações, em casos onde é preciso atravessar matacões ou blocos de concreto ou ainda quando existe necessidade de engaste da estaca no topo rochoso.

 Diâmetro nominal da estaca
mm 150 160 200 250 310 400
 Diâmetro mínimo externo do tubo de  revestimento em solo
mm 127 141 168 220 273 324
 Cargas máxima de trabalho a  compressão
tf 30 40 55 80 110 140
 


 
 
 
Cadastre-se e receba mais informações da Novageo Brasil
 

Rua 1131 Nº 188, Setor Marista. Goiânia - GO. 74180-100. | Copyright © 2009 Novageo do Brasil. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Alguns Internet Studio